Como saber se chegou a hora de trocar de carro

O seu automóvel ajuda você a chegar ao trabalho, a se divertir com os amigos, a levar a família para passear e a realizar diversas atividades no seu dia. Porém, como toda máquina, chega uma hora que ele começa a ficar desgastado e mesmo eficiente pode apresentar alguns problemas. Será que é a melhor hora para trocar de carro?
Claro que adquirir um veículo novo requer planejamento, principalmente financeiro. Afinal, o custo é alto e mesmo você dando o seu como entrada vai precisar pagar algumas parcelas. Por isso, é preciso avaliar bem para ter a certeza de que é necessário trocar de carro e poder se preparar para essa aquisição.
Para ajudá-lo, separamos algumas dicas com sinais de que pode ser hora de você visitar uma revenda de veículos. Veja todas elas e avalie a sua situação!

Muita manutenção pode indicar a hora de trocar de carro

O seu veículo passa mais tempo na oficina do que com você? Se a quantidade de manutenções está aumentando muito pode ser um sinal de que é hora de se preparar para comprar um novo automóvel.
A falta de manutenção preventiva pode ser um dos motivos de levar um carro a precisar de muita manutenção, bem como o grande uso e uma quilometragem grande rodada. Há também algumas marcas que estragam com maior facilidade.
Seja qual for a sua situação, quando o gasto começa a ser grande com mecânico, pode ser interessante pensar em adquirir um carro zero ou seminovo.
Para ter uma noção de quando o custo da manutenção está maior do que o comum, calcule quanto é 10% do valor de venda do automóvel. A manutenção não pode ultrapassar isso. Consulte a Tabela Fipe para ver o valor de venda atual do seu veículo.

mulher fazendo manutenção embaixo do carro

Ruas cheias de buracos levam a rodas desgastadas

Se você transita por uma região com ruas muito esburacadas deve ter notado como isso é péssimo para as rodas do seu veículo. Chega um momento em que alinhamento e balanceamento das rodas não são mais suficientes. Então, o que fazer?
Quando a roda é de aço pode compensar trocar, pois o custo é menor e com a troca você evita um grande desgaste do pneu. Porém, rodas de liga leve têm o valor muito elevado e trocá-la pode não ser interessante pelo custo. Nestes casos é bom pensar em um veículo novo.

Quilometragem rodada

Quantos quilômetros você já rodou com o seu veículo? No geral, quando passa de 100 mil km rodados o carro começa a precisar de muita manutenção. Se o seu já passou disso ou está perto de atingir esta marca, prepare-se para trocá-lo.
Lembre-se também que quanto maior a quilometragem rodada, mais desvalorizado o automóvel vai ficando no mercado.

Combustível consumido

Se o seu veículo atual não é muito econômico pode ser interessante trocar. O valor que você vai economizar com gasolina ou álcool vai ajudá-lo a pagar a prestação de um novo ou seminovo e você ainda terá um automóvel com melhores condições em suas mãos.
O grande consumo de combustível pode ser causado pela idade do carro, uso intenso ou até mesmo pelo modelo não ser econômico. Quando for trocar, verifique a média de consumo de combustível antes de escolher o modelo novo.

carro sendo abastecido

A garantia acabou

Quanto anos a montadora deu de garantia para o seu veículo? Três ou cinco? Na verdade, a quantidade de tempo praticamente não importa. O que deve ser levado em conta é que se a garantia terminou você fica desprotegido. Pode acontecer de precisar ter um gasto muito grande com o seu carro em breve.
Já pensou se tem um problema com o motor? Para evitar essa e outras preocupações, é melhor trocar de carro. Você pode, por exemplo, adquirir um seminovo com um ano de uso. O preço é mais baixo e você ainda consegue aproveitar alguns anos da garantia da montadora.

Gostou das dicas? Precisa trocar de carro? Estamos prontos para oferecer veículos novos e seminovos com bons preços. Entre em contato conosco ou venha nos visitar!

Como evitar custos muito altos com seu carro novo ou seminovo

Não importa se você tem um carro novo ou seminovo, ele vai gerar custos. E não pense que estamos falando apenas das parcelas do financiamento e do combustível. Saiba que há muito mais contas para pagar do que essas.
Taxas de aquisição do veículo, seguro, revisões periódicas, estacionamento, IPVA e limpeza podem sair caro. O que fazer? Tentar economizar e evitar custos mais altos é a melhor opção.
Para ajudá-lo a evitar grandes gastos com o seu veículo separamos algumas dicas. Confira e economize!

Combustível é um custo alto para o seu carro seminovo ou novo

Não é possível escapar desse custo. Afinal, se você quer usar o seu carro, vai precisar abastecê-lo. Porém, é possível tornar este gasto mais leve.
A primeira coisa a ser feita é escolher bem o modelo do veículo na hora de comprar. Prefira os mais eficientes no consumo de combustível. Para saber qual o melhor, verifique o consumo médio informado pela própria montadora.

bomba de combustível abastecendo veículo
Depois disso, na hora de encher o tanque é preciso pesquisar os preços, mas também abastecer apenas em postos de confiança. Afinal, de nada adianta pagar mais barato pelo combustível e ter que trocar peças depois, devido à gasolina adulterada.
Tenha cuidado também com itens que podem aumentar o consumo de combustível e, consequentemente, elevar o gasto, como:

  • Peso desnecessário: quanto mais peso, mais o motor é forçado e maior o consumo de combustível. Por isso, evite carregar peso desnecessário;
  • Ar-condicionado: o uso aumenta o consumo de combustível. Sendo assim, só ligue se realmente for necessário;
  • Calibragem do pneu e pressões adequadas: quando corretas deixam a movimentação do automóvel mais fácil e ajudam a gastar menos combustível;
  • Velas desgastadas: quando não são trocadas no tempo certo, a queima do combustível acontece de forma irregular e o consumo aumenta.

Manutenção: prevenir é tudo

Antes de comprar pesquise sobre o valor da manutenção. Em geral, carros mais baratos possuem uma manutenção mais econômica.
Seja qual for o modelo do seu carro, é preciso ficar atento à manutenção preventiva, pois não fazê-la pode levar a grandes danos e consequente gasto maior.
Sendo assim, fique atento a:

  • Freios: a cada 10 mil quilômetros rodados você precisa fazer uma revisão nas pastilhas, tambores e discos de freio. Além disso, pelo menos uma vez por ano é preciso trocar o fluido de freio;
  • Troca de óleo: a cada seis meses (ou conforme indicação do fabricante), em média, é preciso trocar o óleo lubrificante e o filtro do óleo para evitar danos ao motor;
  • Sistema de arrefecimento: a limpeza deve ser feita a cada 30 mil quilômetros, bem como a troca do aditivo do radiador;
  • Filtro de Ar: o fluxo de ar é essencial para que o motor funcione bem. Se ele não funciona bem, acaba gastando mais combustível e tendo maior desgaste. Por isso, não deixe de trocar o filtro de ar, que é barato, uma vez por ano;
  • Filtro de combustível: ele impede que impurezas do combustível cheguem ao motor e o danifiquem. Troque a cada 10 mil quilômetros e evite grandes gastos;
  • Velas: faça a troca na data estabelecida pela montadora. Elas são essenciais para o bom funcionamento do motor.

motor de carro

Pesquise valores do seguro

O seguro é necessário, mas é um gasto alto, por isso, pesquise antes de contratar. Compare preços em pelo menos quatro empresas. Veja o que elas oferecem e quanto cobram. Essa simulação pode ser feita online, com poucos cliques, e pode resultar em uma boa economia.
Claro que não dá para fazer milagre e que qualquer carro vai ter gastos além da prestação do financiamento. Porém, apostar na manutenção preventiva, por exemplo, faz com que seja evitado um problema maior e consequente gasto grande. O mesmo acontece ao escolher um bom modelo, ter cuidado na hora de abastecer e de escolher o seu seguro. Com atenção é possível gastar menos.
Está pensando em trocar de carro e adquirir um mais econômico? Temos excelentes modelos à disposição. Entre em contato conosco!

Carro Novo ou Seminovo: qual o melhor investimento

Na hora de escolher um carro, talvez uma das primeiras decisões é se vai ser um carro novo ou seminovo. Para ajudar você nessa tarefa, fizemos um comparativo dos principais pontos para você decidir qual a melhor opção no seu caso.

Custo-benefício e depreciação

Um carro seminovo é, obviamente, mais barato que um novo, mas nem sempre é o melhor para o seu caso. Observe a idade do carro para calcular se o preço está adequado. No primeiro ano de uso, a depreciação pode variar de 10 a 25%, em média. Considerando que em apenas um ano de uso o veículo, se bem cuidado, se mantém praticamente como novo, vale a pena escolher o seminovo. Quanto mais rodado o carro for, maior é o desconto, mas também maior é o desgaste.

mão na maçaneta de uma porta de carro prateado

Durabilidade e manutenção

A durabilidade depende dos cuidados com o carro e varia conforme o modelo. Por sem mais novo, o carro zero costuma ser mais durável e exigir pouca ou nenhuma manutenção nos primeiros anos. Leve em conta também a disponibilidade de peças e custo do serviço de mecânica para o modelo escolhido.

Garantias

Ao adquirir seu veículo em uma concessionária autorizada, observe as garantias incluídas. Veículos novos costumam vir de fábrica com garantia de 1 a 6 anos, enquanto os seminovos tem garantia conforme o modelo, ano e loja, sendo que podem ser de garantia total ou apenas de alguns itens ou serviços.

Considerando esses principais pontos, já sabe qual a melhor opção para você? Pensando em ajudá-lo na compra, temos sempre um consultor em nossa loja para assessorar você a encontrar o carro perfeito para você.

Passe agora mesmo na Slaviero, escolha seu Ford e saia rodando.

Comprar carro seminovo na Slaviero é a melhor opção: entenda o porquê

Está querendo adquirir o seu primeiro veículo ou trocar o seu atual por um seminovo? Saiba que comprar carro usado na Slaviero é a melhor opção. Uma empresa que atua há mais de 45 anos na área está preparada para atender aos clientes da melhor maneira.
A nossa equipe de vendas está pronta para sanar dúvidas, dar orientações, informar sobre benefícios do modelo, auxiliar e preparar a documentação, entre outros serviços essenciais para você fazer uma boa compra. A nossa preocupação é com a sua satisfação.
Quem saber mais? Então confira alguns motivos que vão ajudá-lo a entender o porquê de adquirir o seu carro usado na Slaviero

Serviço de revisão próprio para o seu carro usado

Nós mesmos fazemos a revisão do veículo e garantimos a qualidade no serviço prestado. Você terá a garantia da qualidade da nossa empresa e também da Ford.

mão de homem no volante de carro Ford
Para saber se estamos preparados para isso, lembre-se que temos mais de 45 anos anos de experiência, pensando sempre no aperfeiçoamento do trabalho, na qualidade do serviço, na capacitação da equipe e no bom atendimento ao cliente.
Assim, temos condições de realizar serviços dos mais simples aos mais complexos com qualidade, eficiência e segurança.
Sempre que o seu automóvel entra ou sai da Slaviero você pode ter a certeza de que foram feitos testes e manutenções em:

  • Pneus
  • Bicos injetores
  • Ar-condicionado
  • Pastilhas de Freio
  • Nível de óleo do motor
  • Farol/luz de freio
  • Trio elétrico
  • Fluído de Freio
  • Filtro de ar
  • Rodas
  • Nível do fluido do radiador

Bom atendimento garantido

Queremos ter a certeza de que o cliente sai de nossa loja feliz, satisfeito com o negócio e com todas as dúvidas sanadas. Por isso, zelamos pelo bom atendimento e pela qualidade das informações transmitidas.
Nosso profissionais são qualificados, experientes e treinados, estando aptos tanto para dar informações precisas sobre os modelos à venda, quanto para sanar possíveis dúvidas sobre documentação, manutenção, entre outros. A sua satisfação é a nossa meta.

Equipe preparada para o pós-venda

O atendimento na hora de vender é de qualidade, mas o depois da venda também é excelente. Queremos ter você sempre ao nosso lado. Por isso, estamos prontos para atendê-lo depois que você levar o seu veículo para casa.
Seja para fazer a manutenção, para tirar uma dúvida, fazer a cotação de preço de algum acessório ou para confirmar algum detalhe da negociação, a equipe está pronta.
Por telefone, e-mail ou presencialmente, o atendimento na pós-venda será feito da melhor forma.

carro Ford andando rápido levantando água do chão

Mais de 45 anos no ramo

A experiência nos ajudou a proporcionar um serviço cada dia melhor. Nos mais de 45 anos, procuramos sempre nos aprimorar e oferecer um bom trabalho.
Como já atendemos milhares de clientes, certamente você conhece alguém que comprou o carro usado conosco e poderá dar mais informações sobre a negociação.
A satisfação que proporcionamos a este cliente que você conhece é a que vamos proporcionar a você.

Profissionais capacitados

A equipe é qualificada e está pronta tanto para atender bem, quanto para garantir que você saia da loja com um carro usado em perfeitas condições. Ninguém sai daqui com um veículo adquirido sem que ele tenha sido avaliado pelos melhores profissionais do ramo.
Comprar o carro usado na Slaviero é sinônimo de tranquilidade e segurança!

Boa forma de pagamento

Quem pagar à vista ou à prazo? Não importa qual a melhor opção, temos o plano de pagamento certo para você. Vindo negociar conosco você vai pagar um preço justo pelo seu veículo e sairá daqui com uma prestação que cabe em seu orçamento.

Está esperando o que para comprar carro usado na Slaviero? Entre em contato conosco agora mesmo e faça a sua compra!

10 principais segredos para manutenção do carro seminovo

É muito comum alguém acreditar que a palavra seminovo para carros é uma maneira gentil de chamar um carro velho de usado, porém não tão desgastado. Tem gente até que pensa que é um apelido de amigo, que não chamaria nunca seu veículo guerreiro e companheiro de aventuras de usado, velho, velhote, capenga, lata velha.
Brincadeiras à parte, antes de te contarmos os principais segredos para manter seu carro seminovo impecável gastando pouco nas revisões e manutenções, vamos explicar que existe sim diferenças entre o carro novo, seminovo e usado. Talvez você já saiba disso, mas não é papo de vendedor de carros, é verídico.
Um carro novo apenas é NOVO quando está na concessionária zeradinho, sem nunca ter dado uma volta pelas ruas da cidade. Ele é 0 km e saiu da montadora da Ford para você ser o seu único e fiel escudeiro. A partir do momento que você compra e começa suas aventuras, ele se torna um seminovo. Os carros seminovos possui uma vida útil excelente e podem ser considerados seminovos por mais três anos de uso, com pelo menos 20 mil quilômetros rodados a cada ano. Passado este tempo, ou até mesmo de número na quilometragem, podemos finalmente chamar um carro de usado. Mas calma que um carro usado não é tão ruim assim!
Carros usados são aquelas que já rodaram por mais de 3 anos ou acima de 60 mil quilômetros, geralmente tiveram mais de um dono e já caíram com valor no mercado de automóveis, uma boa parcela desde sua saída da concessionária ou dos seus primeiros anos de estrada. Porém, é preciso não julgar o carro por sua aparência nunca. As vezes ele parece um seminovo por ter uma excelente conservação externa, mas as peças já estão gastas e nunca foram trocadas. Também existe uma outra possibilidade: o carro pode ser usado há mais de 3 anos, mas o dono dele foi tão cuidadoso que já fez troca de peças originais e o veículo está admirável.
Tendo em vista essas informações, agora vamos falar dos 10 segredos para manter o seu seminovo um espetáculo. Pronto? Vamos listar.
 

1.     Mantenha uma boa aparência externa e também interna

Com certeza você já ouviu aquela expressão: “a primeira impressão é sempre a que fica”. Então, para os carros ela também serve. Manter uma lataria bem pintada, bem encerada, sem nenhum arranhão, e até investir em vitrificação, super valoriza o seu carro. Manter ele perfeito por dentro sempre se preocupando com limpezas nos bancos, chão, acessórios bem cuidados, um cheiro agradável para todos que entram, tudo isso mantém seu veículo com altos pontos para possíveis compradores. Até porque vai ter uma hora que você vai desejar vendê-lo, e conservar é a melhor maneira de ter um retorno de investimento certo.

2. Barulho e ruído só se forem do acelerador do motor e do coração

Se o carro faz alguns ruídos ou aqueles barulhos incômodos de alguma coisa metálica solta aqui ou ali, pode ter certeza que algo não está certo. Além de ser horrível dirigir um carro cheio de batuques, quando seu veículo apresenta esses sinais é porque ele está precisando de reparos. Portanto, não hesite em levar o automóvel para uma revisão.

3. Equilíbrio no balanceamento e alinhamento do carro

Esses dois fatores são primordiais para manter a vida útil do automóvel. Além de ser muito importante para sua segurança e das pessoas que te acompanham nas estradas, manter um carro bem alinhado e bem balanceado desgasta menos os pneus e os componentes do sistema de suspensão. Um carro bem balanceado não apresenta tremulações quando você roda acima de 60 km por hora. Se o seu apresenta esses sinais, está na hora de levar o veículo para a manutenção.

4. Faça rodízio de pneus com frequência

O legal do rodízio de pneus é que ele faz com que os itens se desgastem de forma uniforme. Também é recomendado que o estepe faça parte deste procedimento. Cada modelo de carro possui um manual de instruções para rodízio e os diferentes tipos de pneus devem ser trocados em tempos e de maneira diferentes. Os radiais, por exemplo, devem ser trocados a cada 8 mil quilômetros rodados, já os pneus diagonais devem ser trocados geralmente a cada 5 mil quilômetros.

5. Dê importância para as palhetas limpadoras

Sim, ter um carro é se preocupar com os mínimos detalhes e as palhetas limpadoras de vidro são desses que a gente esquece às vezes, mas não deveríamos. Com o calor excessivo e com o tempo, elas ressecam e precisam ser trocadas. Se você percebeu que tem sido difícil usar os pára-brisas para dirigir na chuva, limpar o vidro ou até ouve aqueles barulhos incômodos, está na hora de trocar a borracha do acessório.

6. Pastilhas de freio sempre em dia

Essas belezinhas são responsáveis para o seu freio funcionar com perfeição. Portanto, sem dúvida alguma, é essencial manter o seu carro com pastilhas novas e funcionais e prestar atenção em detalhes que lhe dirão qual é a hora de trocá-las. Levar seu carro na manutenção em dia já te poupará de se preocupar com isso, mas caso antes mesmo do prazo você ouça ruídos ao acionar o freio ou se o óleo estiver abaixo do nível normal, isso significa que a pastilha já está gasta.

7. Não espere a vela do barco carro parar de funcionar

vela do carro deve ser trocada no tempo certo indicado por cada montadora e é uma peça que por mais que pareça que está funcionando perfeitamente, se este prazo for extrapolado, troque mesmo assim. Não podemos deixar para trocar a vela apenas se ela apresentar mau funcionamento, isso pode afetar diretamente a segurança do seu carro.

8. Fique de olho no óleo

Essa dica todo mundo já sabe, mas não custa nada falar de novo para reforçar. Para evitar problemas nas peças e manter o resfriamento e funcionamento perfeito do seu motor, nunca deixe de trocar o óleo no tempo indicado por cada fabricante. Ele vai garantir a vida útil do seu seminovo sem a menor dúvida.

9. Revise sempre a correia

correia sincroniza o eixo de comando das válvulas ao virabrequim, liga essas duas partes do motor e garante seu funcionamento. A dica de toda montadora de carros é que essa correia seja trocada a cada 6 meses ou a cada 10 mil quilômetros rodados. Não espere ela quebrar, isso pode causar danos e prejuízos a outros componentes do carro.

10.  Troque o filtro junto com o óleo

Os filtros são os caras responsáveis por reter as impurezas criadas pela combustão e lubrificar o motor do seu carro. O recomendado por todos nós é que você sempre troque o filtro a cada troca de óleo. Nem sempre apenas trocar óleo vai garantir o bom funcionamento do motor e ter um filtro gasto pode trazer danos à diversas peças do carro.
Essas foram as 10 dicas e segredos que todo bom dono de carro, seja novo, seminovo ou usado precisa sempre ter em mente para manter a integridade e bom funcionamento do seu fiel veículo. Lembre-se sempre que cuidar do carro com frequência e se preocupar com seus dias futuros, garantem sempre o retorno do investimento da melhor maneira possível. E se precisar de mais ajustes, dicas e revisões, a nossa equipe está te esperando nas concessionárias Slaviero!

Como comprar o melhor carro seminovo

Comprar um carro zero quilômetro sempre requer um investimento alto e muitas vezes escolher um veículo seminovo pode ser a melhor opção para o momento. Principalmente se o motorista estiver precisando economizar, mas precisa trocar o seu carro atual para um modelo mais novo. Todos nós sabemos que dirigir é coisa séria e que devemos levar em coisas diversos fatores para descobrirmos qual é o melhor custo benefício na hora de comprar um automóvel. Neste artigo, te ajudaremos a esclarecer algumas dúvidas com as dicas primordiais para comprar um veículo usado. Vamos lá!

1)      Decida qual modelo se adequa melhor às suas necessidades

Comprar qualquer automóvel para melhorar seu cotidiano de alguma maneira é um grande investimento. Apenas o valor do modelo não pode ser critério para decisão de compra. Analise todas as características do veículo e como elas serão úteis para o seu trabalho e segurança.

2)      Conheça o preço médio do mercado

Uma dica indispensável é estudar o valor médio de determinado modelo no mercado. Para isso, a FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) disponibiliza em seu site uma tabela. Conhecer esses valores te ajudará muito na negociação do carro.

3)      Escolha uma concessionária de confiança

Seu investimento será consideravelmente alto. Portanto, escolher uma concessionária confiável evitará dores de cabeça futuras, tanto na questão contratual e fiscal quanto na parte mecânica. Você conhecerá profundamente e sem papo furado, a procedência do veículo que estiver adquirindo.

4)      Cheque a documentação 3 vezes

Pode parecer desimportante reforçar isso e até mesmo uma coisa óbvia. Mas muita gente acaba comprando automóveis na empolgação pelo preço baixo e não se atentam nas documentações antes de decidir comprar. Cheque se o documento do veículo está no nome de quem vende, se não há nenhum tipo de pendência como IPVA, seguro DPVAT, se a licença e a inspeção veicular ambiental estão em dia. Principalmente nas compras fora de uma concessionária, essa atenção de ser dobrada.

5)      Analise as condições de pagamento

Às vezes o mais barato pode sair mais caro. Analise com calma todas as taxas de transferência do carro para o seu nome, os impostos e até mesmo os juros caso você decida comprar um veículo financiado. Invista sem ter surpresas futuras.

foto do interior de um carro com uma mão no volante

6)      Exija um test drive

Adicione a carga, vá para uma estrada e teste sem muita pressa o veículo que você pretende comprar. Sua experiência de direção, principalmente com carregamento e conforto serão aspectos decisivos ao adquirir o automóvel.

7)      Faça uma inspeção rigorosa

Não deixe de fazer uma vistoria completa e criteriosa em todo o carro, da parte externa na lataria, lanternas, para-brisas até a parte elétrica e mecânica. Seja insistente para garantir a sua segurança nas estradas e no bolso.

Fazer um bom negócio sempre diz respeito ao foco no poder decisivo de compra. Antes de comprar qualquer veículo, novo ou usado, esteja preparado com seus objetivos em mente, conhecendo suas necessidades, o valor médio de mercado e principalmente escolhendo uma fonte de venda confiável e experiente. A Slaviero tem uma equipe pronta para esclarecer todas as suas dúvidas.

Como deixar seu carro pronto para venda

Na hora de adquirir um veículo seminovo, o comprador deve observar diversos itens, como manutenção em dia, itens de segurança e documentação. Por isso, na hora de vender o seu usado, veja o que é preciso para valorizar o seu veículo e fechar um bom negócio.

Aparência do veículo

O visual do seu carro conta muito na hora de vender. É a primeira impressão que o possível comprador terá. Por isso, mantenha o seu carro limpo e higienizado. O ideal é levar em um serviço especializado, que irá realizar a limpeza minuciosa, incluindo estofamento e motor. Se você preferir fazer o serviço por conta própria, não esqueça de limpar cada cantinho do seu veículo. Lave por dentro e por fora e dê um polimento na lataria.
Colocar um aromatizador veicular é uma ótima opção e pode ser o diferencial na hora da escolha do veículo.
Caso seu carro tenha algum amassado na lataria ou avaria na pintura, leve em um profissional de confiança para o reparo necessário antes da venda. Uma estética impecável valoriza o seu produto e encanta quem busca um seminovo de qualidade.

Itens de segurança e manutenção

Junte todas as notas de trocas de peças e serviços que tiver realizado no veículo e verifique se todos os itens estão em perfeitas condições de uso. Cinto de segurança, triângulo, chave de roda, bateria e demais acessórios. Observe as condições dos pneus, pois ninguém quer comprar um carro com pneus carecas ou danificados. As condições do óleo, freios e amortecedores também devem estar no seu checklist pré-venda.

Documentação

Tenha a documentação do veículo em mãos. Se possível, mantenha o registro do Detran impresso para demonstrar o histórico do carro: quantos donos já teve, multas e impostos em dia e pendências judiciais. Se houver alguma irregularidade, resolva antes de anunciar o veículo. O manual do veículo e o histórico de manutenções devem ser entregue ao comprador para que o novo dono saiba quando realizar vistorias e manutenções.

Na hora da negociação, seja transparente com o possível comprador. Se há algum item que não está em perfeitas condições, comunique e negocie o preço. Assim, você não se incomoda no futuro e o novo dono fica satisfeito com a compra.

Quer comprar e vender com o Distribuidor Ford autorizado em Brasília? Entre em contato conosco e feche o melhor negócio.

Como descobrir se o carro já foi batido

Na hora de comprar um veículo seminovo, é preciso fazer uma vistoria completa em itens mecânicos, elétricos e estéticos. Uma das atenções é para o histórico do carro, que permite saber se ele já foi batido, por exemplo. Um carro com esse passado é muito desvalorizado e, dependendo da gravidade do acidente, pode causar problemas irreparáveis.
Você não quer pagar mais em um carro achando que ele está como novo e depois descobrir que ele sofreu uma grave avaria no passado, certo? Por isso, separamos algumas dicas para ajudar você a descobrir se o carro que pretende comprar já sofreu uma batida.

Pintura

Observe atentamente a pintura em toda a lataria. Ela deve ter cor e textura uniformes, sem ondulações ou rachaduras. Quando um carro precisa passar por reparo na lataria, é quase impossível que fique imperceptível. O ideal é observar à luz do sol, pois ela ressalta pontos opacos e outras manchas. Ande em volta do carro e observe sob vários ângulos para que nada passe despercebido.
Dê pequenas batidas ao longo da lataria e fique atento ao som. Alterações significativas podem indicar que foi utilizada massa plástica para reparo no ponto em questão.

Vedação

Abra e feche as portas e o porta-malas algumas vezes e verifique se elas ficam totalmente vedadas ou se há algum vão. Após o reparo de uma batida grave, as portas podem não fechar totalmente, permitindo a entrada de chuva e outros danos futuros ao veículo.
Indícios de batida frontal
Batidas frontais que causam dano ao veículo podem ser descobertas observando a falta de simetria dos para-choques e desalinhamento do capô. Outra maneira de identificar é procurar por pontos de ferrugem nas soldas, em especial entre o painel e o para-lamas. As soldas de fábrica dificilmente enferrujam, já quando são realizados reparos, há uma chance maior de sofrer ação do tempo.
Veja se os faróis são iguais em ambos os lados e se o modelo corresponde ao original de fábrica. Em caso de troca, pode haver pequenas diferenças entre os itens.

Indícios de batida traseira

As batidas traseiras são um pouco mais difíceis de identificar, pois podem ser reparadas com mais facilidade por funileiros. Observe a lataria, pintura e o interior do carro. Remova o estepe e veja se há pontos de solda e formatos alterados na região.

Peça ajuda de um profissional

Se você não está seguro na hora de comprar o carro ou tem dúvidas se o dono esconde alguma avaria do passado, peça a um funileiro de confiança que acompanhe você antes de comprar. Um profissional de qualidade consegue identificar reparos com facilidade e pode apontar o que foi alterado no veículo.

Vai comprar um seminovo? Entre em contato conosco e garanta o melhor negócio, com a garantia Ford de qualidade.

Como fazer uma inspeção no carro antes de comprar

Na hora de comprar um veículo seminovo, saiba o que você deve observar antes de fechar negócio.

Itens de segurança e condições do veículo

Verifique todos os itens do carro, como validade do extintor, existência de chave de roda e triângulo. Observe se a bateria possui selo do Inmetro, ele é branco e deve estar visível na parte superior. A lataria do carro deve estar lisa e sem emendas e rebocos, nesse caso, indica que foi pintada após alguma avaria.
Fique atento aos pneus, incluindo o estepe. Eles devem estar com os frisos novos e sem muito brilho. Pneus gastos podem indicar sérios problemas de suspensão.
Com o motor do carro frio, observe o nível do óleo e procure vazamentos. Alguns proprietários mantém a documentação do histórico de manutenção, contendo a periodicidade da troca de óleo, filtro do óleo e filtro de ar.

Documentação

Realize uma busca na internet para conhecer o histórico do carro. Em alguns sites você pode saber quantos donos o carro já teve, se há alguma multa ou imposto atrasado, se já passou por algum sinistro, entre outras informações.

Faça um test drive

Ligue o carro em marcha lenta e escute os barulhos do carros. Perceba os níveis de ruído na cabine e a vibração do volante e da alavanca de câmbio. Durante o percurso, teste os freios (barulhos e folga no pedal) e como o veículo se comporta ao passar em buraco, troca de marcha e arrancada. Veja se não há fumaça saindo do escapamento.

Leve um profissional de confiança

Se você tem um mecânico de confiança, veja se ele pode acompanhar você na visita até a concessionária. Um profissional pode avaliar minuciosamente alguns itens que talvez você não tenha condições. Se não for possível, veja se durante o test drive você pode fazer uma parada na oficina para avaliação profissional.

Adquira seu veículo com a Slaviero Brasília e conte com produtos de qualidade e atendimento de excelência.

Ainda tem dúvidas? Entre em contato conosco, pois temos os melhores seminovos
para você

https://www.slavierobsb.com.br/wp-content/themes/slaviero