Ford Protect

Pensando em ajudar você a manter seu Ford sempre bem cuidado, lançamos, em 2016, o Ford Protect, um serviço de manutenção pré-adquirida para quem compra um Ford 0 km.
O serviço pode ser adquirido junto a carros de Performance, como o Ford Mustang, picapes, como a Ford Ranger, carros como o Ford Fusion ou qualquer outro modelo Ford. Com ele, você tem a garantia de serviços de alta qualidade e peças originais.
Conheças as três opções de contrato e escolha a que mais se encaixa nas suas necessidades:

Ford Protect Basic

Três revisões periódicas: aos 12 meses ou 10.000 km, aos 24 meses ou 20.000 km e aos 36 meses ou 30.000 km.

Ford Ranger de frente - Ford Protect

Ford Protect Advanced

Quatro revisões periódicas: as três revisões do plano basic mais uma revisão aos 48 meses ou 40.000 km, e mais um ano de garantia de fábrica, somada a garantia original.

Ford Protect Premium

Cinco revisões periódicas: a quinta aos 60 meses ou 50.000 km e mais 2 anos de garantia, somados a garantia original.

Contratando o Ford Protect, basta levar seu veículo ao distribuir Ford de sua preferência e realizar o serviço de revisão quando chegar a hora. Você conta com a segurança de ter seu veículo revisado por profissionais especializados e peças originais para seu carro.
E para facilitar ainda mais, você pode incluir o valor do Ford Protect no financiamento e pagá-lo junto às parcelas do seu Ford 0 km. É mais proteção para você e para o seu bolso.

Ford Mustang preto - Ford Protect

Valorização

Quando você conta com o Ford Protect, pode vender seu carro durante o período de utilização que o novo dono passará a utilizar o plano. Caso queira cancelar, a Ford devolve o valor não utilizado por você. É a Ford oferecendo transparência total aos seus clientes.

Vá agora mesmo até a concessionária Slaviero, escolhe seu Ford e adquira o Ford Protect. O plano garante a você peças originais e mão de obra especializada Ford.

Conheça a assistência de emergência Ford

A segurança dos ocupantes do veículo é um dos fatores mais importantes. É claro que ninguém anda de carro pensando em sofrer um acidente, mas quando essa fatalidade acontece, é essencial contar com a melhor assistência do mercado. Foi pensando nisso que a Ford desenvolveu a assistência de emergência SYNC.

Como funciona

O sistema de assistência de emergência está programado para realizar uma ligação automática para o serviço de emergência 192, do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), em casos de acidente. A função é acionada automaticamente sempre que os airbags do veículo são disparados ou quando acontece a ativação do corte da bomba de combustível. Essa ativação acontece em algumas colisões traseiras ou capotamento.

tela do SYNC - assistência de emergência
O SYNC realiza a ligação para a central e informa automaticamente que aconteceu um acidente e qual a localização exata do veículo. Depois, o microfone é aberto e os ocupantes podem se comunicar com o atendente do serviço. Assim, o SAMU pode enviar uma ambulância para realizar o resgate mesmo que os ocupantes do veículos estejam impossibilitados de falar ou sem acesso ao telefone para realizar a ligação. Caso o sistema tenha sido acionado e não seja necessário o atendimento, é possível informar na ligação para o atendente do SAMU.
A mensagem do sistema é essa: “Atenção: um veículo Ford esteve envolvido num acidente. Aguarde o envio das coordenadas GPS, seguido da comunicação com os ocupantes do veículo. Um veículo Ford esteve envolvido num acidente nas seguintes coordenadas: latitude X e longitude Y. Repetindo localização (repete). Linha aberta.”
Para que o sistema possa ser acionado, é necessário que o sistema SYNC esteja pareado com um celular, através da conexão Bluetooth. A assistência de emergência é acionado somente de forma automática, sem disponibilizar um botão para ativação manual, a fim de evitar a realização de chamadas falsas.

Veja como funciona a assistência de emergência Ford:

Veículos equipados

O sistema de assistência de emergência está disponível nos veículos equipados a partir do SYNC 2. São os seguintes modelos: Ranger (todas as versões com SYNC 2), New Fiesta Sedan (todas as versões com SYNC 2), Fusion (a partir do modelo 2015), Focus (a partir do modelo 2016) e Edge (a partir do modelo 2016).
A assistência funciona sem nenhuma cobrança durante toda a vida útil do veículo.

SYNC

O sistema de conectividade desenvolvido pela Ford em parceria com a Microsoft é o mais avançado do mercado. Com tela multimídia, se conecta ao celular permitindo acesso aos contatos da agenda, chamadas telefônicas e controle do rádio e do MP3-player através de comando de voz.

Qual a melhor época para comprar carro?

Quando você decide comprar um carro, uma das últimas coisas que pensa é que o período do ano influencia o preço que você paga. Pois saiba que comprar seu veículo no início ou no fim do ano pode representar uma diferença significativa no preço que você paga. Saiba neste artigo qual a melhor época para comprar carro novo ou seminovo.

Vantagens de comprar carro no início do ano

No início do ano, as concessionárias costumam fazer promoções dos carros zero quilômetros do ano anterior. É possível conseguir um bom desconto ou maiores facilidades de pagamento para a compra, como o aumento do prazo para pagar ou a redução dos juros. Isso porque os novos modelos começam a chegar nas concessionárias em janeiro e fevereiro.

Homem de terno e gravata entregando chave de carro para outra pessoa
Os primeiros meses do ano também são aqueles em que as pessoas têm contas extras para pagar, como IPTU, matrícula dos filhos na escola, viagem de férias, entre outros. Com isso, as vendas de automóveis costumam cair e por isso as concessionárias podem conceder benefícios aos compradores.

Vantagens de comprar carro no final do ano

Já nos últimos meses do ano, as concessionárias também oferecem algumas vantagens aos compradores. É possível conseguir descontos, ou benefícios, como o IPVA pago ou opcionais sem custo adicional. Em alguns casos, o preço do veículo também sofre uma redução significativa, facilitando a compra, quando um novo modelo está prestes a ser lançado.

Desvantagem de comprar carro no final do ano

Se você pretende comprar um carro novo, o final do ano pode não ser a melhor época para fazer esse investimento. Isso porque o veículo pode sofrer uma desvalorização grande de um ano para outro. Alguns modelos mudam o design e as funcionalidades, fazendo com que o carro desvalorize ainda mais.

braço de mulher para fora do carro fazendo sinal de vitória

Por isso, se você pretende comprar um carro novo ou seminovo, fique atento as vantagens e desvantagens que pode conseguir e planeje sua compra. Lembre-se que a Slaviero está sempre pronta para atendê-lo e orientá-lo com os melhores profissionais do mercado e as melhores ofertas para você.

Entenda os prazos para revisão do seu caminhão Ford

O caminhão é a principal ferramenta na vida de um caminhoneiro e estar com sua máquina funcionando perfeitamente significa mais do que entregar suas encomendas em dia, não ter dores de cabeça no meio da estrada, atrasos com seus horários ou evitar gastar muito dinheiro com reparos inesperados. Ter um caminhão com suas revisões em dia evita um milhão de problemas e ainda cuida do mais importante: da segurança da vida do motorista na estrada e dos seus companheiros na highway. Falar de revisões de automóveis sempre bate uma preocupação com os custos, até porque manter um caminhão funcionando bem não é um investimento tão baixo. Mas acredite, existem maneiras de economizar bastante nessas manutenções e vamos falar sobre isso hoje.
O primeiro passo para a economia é entender os prazos para revisão do seu caminhão e o segundo passo é não deixar nenhum detalhe escapar. Estar sempre de olho no funcionamento perfeito das peças, mesmo fora do período de revisão, é primordial para identificar sinais de mal funcionamento e futuras problematizações do seu veículo.

caminhão ford azul com carroceria fechada

Quais são os tipos de manutenção e os prazos de cada uma?

1) A Manutenção Preventiva

A Manutenção Preventiva já é explicada em seu nome: com essa manutenção, profissionais de mecânica farão uma checagem em todo o caminhão, peça por peça seguindo uma lista para analisar se é necessário trocar algum item, além de renovar óleo, filtro e deixar tudo funcionando perfeitamente. Essa é a melhor maneira de economizar dinheiro com qualquer veículo, porque verificamos se uma peça dará defeito com um tempo e cuidamos dela antes que isso aconteça e afete outras peças gerando mais gastos. Sem contar com a segurança de rodar com seu caminhão tranquilamente sem ter surpresas de defeitos nas estradas. A Manutenção Preventiva é recomendada para caminhões de médio e grande porte a cada 10 mil quilômetros rodados nas estradas, dentro do próprio estado ou estados vizinhos. Se você usa o caminhão para entregas dentro da cidade, é necessário checar os freios e demais itens com mais frequência, a cada 5 mil quilômetros, aproximadamente.

2) A Manutenção Corretiva

A Manutenção Preventiva é aquela que já fazemos aborrecidos. Isso porque alguma peça do caminhão deu defeito e precisamos gastar tempo e dinheiro para consertá-la. Para o azar de muitos motoristas, esses defeitos acontecem no meio de uma operação de trabalho e geralmente longe da sua concessionária e quando o caminhão precisa deste tipo de reparo, geralmente uma peça afeta a outra e a troca delas gera desconforto e custos inesperados. Por isso, sempre indicamos fazer a Manutenção Preventiva, para evitar transtornos que podem ser previstos e consertados antes mesmo do problema acontecer.

ford cargo vermelho

3) A Manutenção Preditiva

A Manutenção Preditiva também é muito interessante, assim como a Manutenção Preventiva. Essa é mais específica porque utilizamos equipamentos modernos para analisar cada peça do seu caminhão e ter ideia de como elas estão funcionando no dia a dia. Com essas ferramentas, conseguimos ver se uma peça apresentará defeito nas próximas semanas e já fazemos os reparos necessários antes da surpresa chegar. Também é indicado fazer a cada 10 a 15 mil quilômetros rodados com o seu caminhão.

E aí? Qual foi a última vez que você fez uma revisão no seu caminhão? Já está chegando a hora de fazer novamente? Existem algumas dicas para você ficar sempre atento e diagnosticar seu próprio veículo e descobrir se ele precisa de uma análise técnica e alguns reparos. Os automóveis sempre apresentam sinais antes de uma peça mecânica parar de funcionar de vez e ficar atento à eles é essencial para manter sua ferramenta de trabalho sempre operante.

10 dicas para manter seu caminhão sempre funcionando perfeitamente

  1. Faça uma lista de verificação do seu caminhão;
  2. Troque o óleo com certa frequência;
  3. Troque o filtro toda vez que trocar o óleo;
  4. Preste atenção nos ruídos do caminhão;
  5. Fique atento a refrigeração do motor;
  6. Verifique os freios todos os dias;
  7. Mantenha os pneus balanceados e alinhados;
  8. Olhe sempre o tanque de combustível para ver se está sem água;
  9. Verifique todo o sistema elétrico;
  10. Não esqueça os prazos de revisões.

Pequenos detalhes podem salvar o seu bolso e a sua vida nas estradas. Fazer a revisão do caminhão sempre em dia vai te poupar muita dor de cabeça e manter seu trabalho sempre eficaz. Quando precisar de manutenções, venha à Slaviero para economizar e receber um excelente serviço.

Tudo que você precisa saber antes de trocar de carro

Você pretende trocar de carro? Seja pelo tempo de uso, pelos quilômetros rodados, por não comportar mais a família ou até pelos simples desejo de sentir o cheiro de um carro novo, muitos pessoas optam pela troca de carro.
Para que a sua compra seja um sucesso e você fique satisfeito com o novo veículo, é preciso se planejar e pesquisar bastante. Afinal, o custo é grande e o valor precisa ser bem empregado, não é?
Está cheio de dúvidas? Então confira algumas dicas com o que você precisa ficar atento antes de trocar de carro!

Planejar a troca de carro é essencial

A primeira coisa a ser feita é pensar no que deseja. Para isso, separamos algumas perguntas que podem ajudá-lo a decidir como deve ser o seu novo automóvel:

  • Será que você vai investir em um carro novo ou seminovo?
  • Quanto você pode gastar?
  • O que ele precisa ter para atender bem ao que você precisa?
  • Vai pagar à vista ou financiado?
  • Deve ser mecânico ou automático?
  • Qual a potência?
  • Precisa de acessórios? Quais?
  • É para trabalho ou para uma família grande?
  • Quantas pessoas deve transportar com conforto e segurança?
  • O que tem no seu automóvel atual que você não gosta?
  • E o porta-malas, precisa ser grande ou pode ser compacto?

Com essas perguntas básicas já será possível você ter uma ideia melhor.

farol do ford mustang vermelho

Identifique o modelo do carro de sua preferência

Agora que você já definiu exatamente o que quer, procure por modelos que supram as suas necessidades e que, ao mesmo tempo, caibam no seu orçamento.
Caso um veículo zero com tudo o que você quer tenha um valor muito alto, considere adquirir um seminovo. Muitas vezes, o valor que custa um carro novo sem nenhum item adicional é o mesmo ou até maior do que um seminovo completo.
Não se esqueça de observar, quando for decidir o modelo do veículo desejado, os custos que chegam com ele como valor do seguro, valor do IPVA, economia de combustível, entre outros.\

Pesquisa de preços

Agora que você já definiu o que quer, você precisa saber os preços dos modelos que podem atender ao que deseja. Embora o valor varie muito de uma região para outra, a Tabela Fipe pode ajudar tanto para avaliar o seu carro atual quanto para ter uma noção do valor do veículo a ser comprado.
Caso vá usar o seu carro atual como entrada, negocie para tentar conseguir um bom valor.

Fique atento às condições de pagamento

Tudo pronto. Você já sabe o que quer, qual modelo de veículo atende ao que deseja, o valor do seu carro e do possível automóvel novo. Agora é o momento de avaliar e comparar as condições de pagamento oferecidas pelas lojas.
Caso consiga uma promoção de taxa zero para parcelamento, compare o valor atual desse veículo com o de outras lojas ou até com o preço da Tabela Fipe para ter a certeza de que os juros não estão embutidos.
Já se for financiar com juros, prefira parcelar no menor número de vezes possível para evitar aumentar muito o custo do carro pelos juros pagos.
Não feche negócio na empolgação. Analise bem e pesquise antes de trocar de carro.

Considere um seminovo

Caso o valor de um zero com o que você precisa seja muito alto para o seu orçamento, considere a compra de um seminovo. Lembre-se de que o carro zero desvaloriza entre 15 a 20% assim que sai da loja e que há muito carro seminovo bom para ser vendido.
Está decidido? Vai trocar o seu carro por um zero ou um seminovo? Seja qual for a sua resposta, a Ford Slaviero poderá ajudar. Entre em contato conosco ou faça-nos uma visita!

Como saber se chegou a hora de trocar de carro

O seu automóvel ajuda você a chegar ao trabalho, a se divertir com os amigos, a levar a família para passear e a realizar diversas atividades no seu dia. Porém, como toda máquina, chega uma hora que ele começa a ficar desgastado e mesmo eficiente pode apresentar alguns problemas. Será que é a melhor hora para trocar de carro?
Claro que adquirir um veículo novo requer planejamento, principalmente financeiro. Afinal, o custo é alto e mesmo você dando o seu como entrada vai precisar pagar algumas parcelas. Por isso, é preciso avaliar bem para ter a certeza de que é necessário trocar de carro e poder se preparar para essa aquisição.
Para ajudá-lo, separamos algumas dicas com sinais de que pode ser hora de você visitar uma revenda de veículos. Veja todas elas e avalie a sua situação!

Muita manutenção pode indicar a hora de trocar de carro

O seu veículo passa mais tempo na oficina do que com você? Se a quantidade de manutenções está aumentando muito pode ser um sinal de que é hora de se preparar para comprar um novo automóvel.
A falta de manutenção preventiva pode ser um dos motivos de levar um carro a precisar de muita manutenção, bem como o grande uso e uma quilometragem grande rodada. Há também algumas marcas que estragam com maior facilidade.
Seja qual for a sua situação, quando o gasto começa a ser grande com mecânico, pode ser interessante pensar em adquirir um carro zero ou seminovo.
Para ter uma noção de quando o custo da manutenção está maior do que o comum, calcule quanto é 10% do valor de venda do automóvel. A manutenção não pode ultrapassar isso. Consulte a Tabela Fipe para ver o valor de venda atual do seu veículo.

mulher fazendo manutenção embaixo do carro

Ruas cheias de buracos levam a rodas desgastadas

Se você transita por uma região com ruas muito esburacadas deve ter notado como isso é péssimo para as rodas do seu veículo. Chega um momento em que alinhamento e balanceamento das rodas não são mais suficientes. Então, o que fazer?
Quando a roda é de aço pode compensar trocar, pois o custo é menor e com a troca você evita um grande desgaste do pneu. Porém, rodas de liga leve têm o valor muito elevado e trocá-la pode não ser interessante pelo custo. Nestes casos é bom pensar em um veículo novo.

Quilometragem rodada

Quantos quilômetros você já rodou com o seu veículo? No geral, quando passa de 100 mil km rodados o carro começa a precisar de muita manutenção. Se o seu já passou disso ou está perto de atingir esta marca, prepare-se para trocá-lo.
Lembre-se também que quanto maior a quilometragem rodada, mais desvalorizado o automóvel vai ficando no mercado.

Combustível consumido

Se o seu veículo atual não é muito econômico pode ser interessante trocar. O valor que você vai economizar com gasolina ou álcool vai ajudá-lo a pagar a prestação de um novo ou seminovo e você ainda terá um automóvel com melhores condições em suas mãos.
O grande consumo de combustível pode ser causado pela idade do carro, uso intenso ou até mesmo pelo modelo não ser econômico. Quando for trocar, verifique a média de consumo de combustível antes de escolher o modelo novo.

carro sendo abastecido

A garantia acabou

Quanto anos a montadora deu de garantia para o seu veículo? Três ou cinco? Na verdade, a quantidade de tempo praticamente não importa. O que deve ser levado em conta é que se a garantia terminou você fica desprotegido. Pode acontecer de precisar ter um gasto muito grande com o seu carro em breve.
Já pensou se tem um problema com o motor? Para evitar essa e outras preocupações, é melhor trocar de carro. Você pode, por exemplo, adquirir um seminovo com um ano de uso. O preço é mais baixo e você ainda consegue aproveitar alguns anos da garantia da montadora.

Gostou das dicas? Precisa trocar de carro? Estamos prontos para oferecer veículos novos e seminovos com bons preços. Entre em contato conosco ou venha nos visitar!

Como evitar custos muito altos com seu carro novo ou seminovo

Não importa se você tem um carro novo ou seminovo, ele vai gerar custos. E não pense que estamos falando apenas das parcelas do financiamento e do combustível. Saiba que há muito mais contas para pagar do que essas.
Taxas de aquisição do veículo, seguro, revisões periódicas, estacionamento, IPVA e limpeza podem sair caro. O que fazer? Tentar economizar e evitar custos mais altos é a melhor opção.
Para ajudá-lo a evitar grandes gastos com o seu veículo separamos algumas dicas. Confira e economize!

Combustível é um custo alto para o seu carro seminovo ou novo

Não é possível escapar desse custo. Afinal, se você quer usar o seu carro, vai precisar abastecê-lo. Porém, é possível tornar este gasto mais leve.
A primeira coisa a ser feita é escolher bem o modelo do veículo na hora de comprar. Prefira os mais eficientes no consumo de combustível. Para saber qual o melhor, verifique o consumo médio informado pela própria montadora.

bomba de combustível abastecendo veículo
Depois disso, na hora de encher o tanque é preciso pesquisar os preços, mas também abastecer apenas em postos de confiança. Afinal, de nada adianta pagar mais barato pelo combustível e ter que trocar peças depois, devido à gasolina adulterada.
Tenha cuidado também com itens que podem aumentar o consumo de combustível e, consequentemente, elevar o gasto, como:

  • Peso desnecessário: quanto mais peso, mais o motor é forçado e maior o consumo de combustível. Por isso, evite carregar peso desnecessário;
  • Ar-condicionado: o uso aumenta o consumo de combustível. Sendo assim, só ligue se realmente for necessário;
  • Calibragem do pneu e pressões adequadas: quando corretas deixam a movimentação do automóvel mais fácil e ajudam a gastar menos combustível;
  • Velas desgastadas: quando não são trocadas no tempo certo, a queima do combustível acontece de forma irregular e o consumo aumenta.

Manutenção: prevenir é tudo

Antes de comprar pesquise sobre o valor da manutenção. Em geral, carros mais baratos possuem uma manutenção mais econômica.
Seja qual for o modelo do seu carro, é preciso ficar atento à manutenção preventiva, pois não fazê-la pode levar a grandes danos e consequente gasto maior.
Sendo assim, fique atento a:

  • Freios: a cada 10 mil quilômetros rodados você precisa fazer uma revisão nas pastilhas, tambores e discos de freio. Além disso, pelo menos uma vez por ano é preciso trocar o fluido de freio;
  • Troca de óleo: a cada seis meses (ou conforme indicação do fabricante), em média, é preciso trocar o óleo lubrificante e o filtro do óleo para evitar danos ao motor;
  • Sistema de arrefecimento: a limpeza deve ser feita a cada 30 mil quilômetros, bem como a troca do aditivo do radiador;
  • Filtro de Ar: o fluxo de ar é essencial para que o motor funcione bem. Se ele não funciona bem, acaba gastando mais combustível e tendo maior desgaste. Por isso, não deixe de trocar o filtro de ar, que é barato, uma vez por ano;
  • Filtro de combustível: ele impede que impurezas do combustível cheguem ao motor e o danifiquem. Troque a cada 10 mil quilômetros e evite grandes gastos;
  • Velas: faça a troca na data estabelecida pela montadora. Elas são essenciais para o bom funcionamento do motor.

motor de carro

Pesquise valores do seguro

O seguro é necessário, mas é um gasto alto, por isso, pesquise antes de contratar. Compare preços em pelo menos quatro empresas. Veja o que elas oferecem e quanto cobram. Essa simulação pode ser feita online, com poucos cliques, e pode resultar em uma boa economia.
Claro que não dá para fazer milagre e que qualquer carro vai ter gastos além da prestação do financiamento. Porém, apostar na manutenção preventiva, por exemplo, faz com que seja evitado um problema maior e consequente gasto grande. O mesmo acontece ao escolher um bom modelo, ter cuidado na hora de abastecer e de escolher o seu seguro. Com atenção é possível gastar menos.
Está pensando em trocar de carro e adquirir um mais econômico? Temos excelentes modelos à disposição. Entre em contato conosco!

Carro Novo ou Seminovo: qual o melhor investimento

Na hora de escolher um carro, talvez uma das primeiras decisões é se vai ser um carro novo ou seminovo. Para ajudar você nessa tarefa, fizemos um comparativo dos principais pontos para você decidir qual a melhor opção no seu caso.

Custo-benefício e depreciação

Um carro seminovo é, obviamente, mais barato que um novo, mas nem sempre é o melhor para o seu caso. Observe a idade do carro para calcular se o preço está adequado. No primeiro ano de uso, a depreciação pode variar de 10 a 25%, em média. Considerando que em apenas um ano de uso o veículo, se bem cuidado, se mantém praticamente como novo, vale a pena escolher o seminovo. Quanto mais rodado o carro for, maior é o desconto, mas também maior é o desgaste.

mão na maçaneta de uma porta de carro prateado

Durabilidade e manutenção

A durabilidade depende dos cuidados com o carro e varia conforme o modelo. Por sem mais novo, o carro zero costuma ser mais durável e exigir pouca ou nenhuma manutenção nos primeiros anos. Leve em conta também a disponibilidade de peças e custo do serviço de mecânica para o modelo escolhido.

Garantias

Ao adquirir seu veículo em uma concessionária autorizada, observe as garantias incluídas. Veículos novos costumam vir de fábrica com garantia de 1 a 6 anos, enquanto os seminovos tem garantia conforme o modelo, ano e loja, sendo que podem ser de garantia total ou apenas de alguns itens ou serviços.

Considerando esses principais pontos, já sabe qual a melhor opção para você? Pensando em ajudá-lo na compra, temos sempre um consultor em nossa loja para assessorar você a encontrar o carro perfeito para você.

Passe agora mesmo na Slaviero, escolha seu Ford e saia rodando.

Segredos para gastar menos com seguro de carro

Saiba como contratar um seguro que não vai te deixar na mão

Todos nós sabemos que o seguro de automóvel é um serviço simplesmente indispensável para motoristas que enfrentam o dia a dia da cidade ou das estradas. Claro que sempre esperamos não precisar dos serviços de seguro contra roubo ou danos no veículo, mas como nossas avós espalharam a sabedoria: “é melhor prevenir que remediar.”

A Ford Slaviero oferece pacotes para seguro de automóveis completos que garantem qualidade de serviço em manutenções, segurança nas ruas e nas estradas, atendimento pleno e atenção com o carro e o dono. Aliás, se a Ford fabrica o carro, o que ela quer é ver esta obra de arte rodando sem problemas por aí.

Saber que precisamos assegurar nossos carros nós sabemos, mas às vezes os custos fogem do nosso orçamento. Para você ficar tranquilo, escrevemos uns segredinhos para economizar no seguro e não deixar ninguém passar sufoco.

1. Antes de comprar o carro, simule os preços de seguros

O primeiro passo da economia é conhecer o carro que você deseja comprar antes de efetivar a compra. Se você está pensando em comprar determinado modelo ou precisa trocar o seu veículo e não sabe qual a melhor opção ainda, antes de decidir, converse com um corretor de seguros sobre tudo. Sim, tudo. Um bom corretor vai saber te dizer quais carros são mais visados por ladrões e quais modelos geram menos gastos com manutenções de peças.

espelho retrovisor de carro

2. Conheça quais carros são mais expostos a riscos

Alguns modelos de carros apresentam mais riscos que outros. Não na qualidade do veículo, mas nas condições de roubos, por exemplo. Especialistas afirmam que carros com mais volume de frotas nas ruas costumam ser mais roubados, apenas porque além de dificultar a busca do seu carro roubado, a venda ilegal de peças roubadas é maior para quem faz este comércio clandestino. Os custos de seguro para carros mais visados é maior, porque infelizmente os riscos são maiores.

3. Faça negócio apenas com um bom corretor

Pode parecer uma dica óbvia, mas é super importante. Um bom corretor não é apenas o profissional atencioso que ajudou a vender um seguro completo para o seu carro. O corretor ideal é aquele cara que tem experiência com departamento de sinistros, está 24h disponível para resolver qualquer problema que venha acontecer com seu carro e saberá não apenas te ajudar no preenchimento da ficha do seguro, mas reduzirá os prazos de indenizações e sua dor de cabeça para resolver o que você precisar.

rua à noite com luzes de faróis

4. Não economize com qualquer coisa

Apesar de pensarmos em primeiro lugar na redução de custos de todos os cantos e maneiras, fazer economias bobas de pequenos valores pode nos fazer optar por um serviço incompleto e trazer dores de cabeça futuras. Um exemplo disso é você economizar uns R$200 fazendo apenas um seguro contra roubo e deixando de lado o seguro de dano a terceiros.
Um seguro de dano a terceiros não apenas abrange os reparos no carro do outro como também possui um fundo de valores para danos morais que inicia com R$ 50 mil e por apenas mais R$200 mil se estende a R$ 500 mil.

5. Pague apenas o que você precisa

Tudo bem que a melhor saída sempre é se assegurar de todos os possíveis problemas que podem surgir na vida do seu carro. Mas se seu objetivo é economizar, estudo junto com um bom corretor, como fazer um seguro que vai te ajudar nos problemas principais que podem vir a acontecer e não pague por serviços extras. Um exemplo desses serviços são os de descontos em estacionamentos e despachante e até serviços de reparos na sua casa. Foque naquilo que é essencial para você agora.

Essas foram apenas 5 dicas infalíveis e principais para você chegar numa seguradora ou na concessionária decidido do que quer e precisa. Assim, você nos ajuda a te ajudar da melhor maneira possível e gastando menos. Aliás, o que buscamos é ver você rodando despreocupado com o seu Ford pelas ruas da cidade e rodovias.

10 principais segredos para manutenção do carro seminovo

É muito comum alguém acreditar que a palavra seminovo para carros é uma maneira gentil de chamar um carro velho de usado, porém não tão desgastado. Tem gente até que pensa que é um apelido de amigo, que não chamaria nunca seu veículo guerreiro e companheiro de aventuras de usado, velho, velhote, capenga, lata velha.
Brincadeiras à parte, antes de te contarmos os principais segredos para manter seu carro seminovo impecável gastando pouco nas revisões e manutenções, vamos explicar que existe sim diferenças entre o carro novo, seminovo e usado. Talvez você já saiba disso, mas não é papo de vendedor de carros, é verídico.
Um carro novo apenas é NOVO quando está na concessionária zeradinho, sem nunca ter dado uma volta pelas ruas da cidade. Ele é 0 km e saiu da montadora da Ford para você ser o seu único e fiel escudeiro. A partir do momento que você compra e começa suas aventuras, ele se torna um seminovo. Os carros seminovos possui uma vida útil excelente e podem ser considerados seminovos por mais três anos de uso, com pelo menos 20 mil quilômetros rodados a cada ano. Passado este tempo, ou até mesmo de número na quilometragem, podemos finalmente chamar um carro de usado. Mas calma que um carro usado não é tão ruim assim!
Carros usados são aquelas que já rodaram por mais de 3 anos ou acima de 60 mil quilômetros, geralmente tiveram mais de um dono e já caíram com valor no mercado de automóveis, uma boa parcela desde sua saída da concessionária ou dos seus primeiros anos de estrada. Porém, é preciso não julgar o carro por sua aparência nunca. As vezes ele parece um seminovo por ter uma excelente conservação externa, mas as peças já estão gastas e nunca foram trocadas. Também existe uma outra possibilidade: o carro pode ser usado há mais de 3 anos, mas o dono dele foi tão cuidadoso que já fez troca de peças originais e o veículo está admirável.
Tendo em vista essas informações, agora vamos falar dos 10 segredos para manter o seu seminovo um espetáculo. Pronto? Vamos listar.
 

1.     Mantenha uma boa aparência externa e também interna

Com certeza você já ouviu aquela expressão: “a primeira impressão é sempre a que fica”. Então, para os carros ela também serve. Manter uma lataria bem pintada, bem encerada, sem nenhum arranhão, e até investir em vitrificação, super valoriza o seu carro. Manter ele perfeito por dentro sempre se preocupando com limpezas nos bancos, chão, acessórios bem cuidados, um cheiro agradável para todos que entram, tudo isso mantém seu veículo com altos pontos para possíveis compradores. Até porque vai ter uma hora que você vai desejar vendê-lo, e conservar é a melhor maneira de ter um retorno de investimento certo.

2. Barulho e ruído só se forem do acelerador do motor e do coração

Se o carro faz alguns ruídos ou aqueles barulhos incômodos de alguma coisa metálica solta aqui ou ali, pode ter certeza que algo não está certo. Além de ser horrível dirigir um carro cheio de batuques, quando seu veículo apresenta esses sinais é porque ele está precisando de reparos. Portanto, não hesite em levar o automóvel para uma revisão.

3. Equilíbrio no balanceamento e alinhamento do carro

Esses dois fatores são primordiais para manter a vida útil do automóvel. Além de ser muito importante para sua segurança e das pessoas que te acompanham nas estradas, manter um carro bem alinhado e bem balanceado desgasta menos os pneus e os componentes do sistema de suspensão. Um carro bem balanceado não apresenta tremulações quando você roda acima de 60 km por hora. Se o seu apresenta esses sinais, está na hora de levar o veículo para a manutenção.

4. Faça rodízio de pneus com frequência

O legal do rodízio de pneus é que ele faz com que os itens se desgastem de forma uniforme. Também é recomendado que o estepe faça parte deste procedimento. Cada modelo de carro possui um manual de instruções para rodízio e os diferentes tipos de pneus devem ser trocados em tempos e de maneira diferentes. Os radiais, por exemplo, devem ser trocados a cada 8 mil quilômetros rodados, já os pneus diagonais devem ser trocados geralmente a cada 5 mil quilômetros.

5. Dê importância para as palhetas limpadoras

Sim, ter um carro é se preocupar com os mínimos detalhes e as palhetas limpadoras de vidro são desses que a gente esquece às vezes, mas não deveríamos. Com o calor excessivo e com o tempo, elas ressecam e precisam ser trocadas. Se você percebeu que tem sido difícil usar os pára-brisas para dirigir na chuva, limpar o vidro ou até ouve aqueles barulhos incômodos, está na hora de trocar a borracha do acessório.

6. Pastilhas de freio sempre em dia

Essas belezinhas são responsáveis para o seu freio funcionar com perfeição. Portanto, sem dúvida alguma, é essencial manter o seu carro com pastilhas novas e funcionais e prestar atenção em detalhes que lhe dirão qual é a hora de trocá-las. Levar seu carro na manutenção em dia já te poupará de se preocupar com isso, mas caso antes mesmo do prazo você ouça ruídos ao acionar o freio ou se o óleo estiver abaixo do nível normal, isso significa que a pastilha já está gasta.

7. Não espere a vela do barco carro parar de funcionar

vela do carro deve ser trocada no tempo certo indicado por cada montadora e é uma peça que por mais que pareça que está funcionando perfeitamente, se este prazo for extrapolado, troque mesmo assim. Não podemos deixar para trocar a vela apenas se ela apresentar mau funcionamento, isso pode afetar diretamente a segurança do seu carro.

8. Fique de olho no óleo

Essa dica todo mundo já sabe, mas não custa nada falar de novo para reforçar. Para evitar problemas nas peças e manter o resfriamento e funcionamento perfeito do seu motor, nunca deixe de trocar o óleo no tempo indicado por cada fabricante. Ele vai garantir a vida útil do seu seminovo sem a menor dúvida.

9. Revise sempre a correia

correia sincroniza o eixo de comando das válvulas ao virabrequim, liga essas duas partes do motor e garante seu funcionamento. A dica de toda montadora de carros é que essa correia seja trocada a cada 6 meses ou a cada 10 mil quilômetros rodados. Não espere ela quebrar, isso pode causar danos e prejuízos a outros componentes do carro.

10.  Troque o filtro junto com o óleo

Os filtros são os caras responsáveis por reter as impurezas criadas pela combustão e lubrificar o motor do seu carro. O recomendado por todos nós é que você sempre troque o filtro a cada troca de óleo. Nem sempre apenas trocar óleo vai garantir o bom funcionamento do motor e ter um filtro gasto pode trazer danos à diversas peças do carro.
Essas foram as 10 dicas e segredos que todo bom dono de carro, seja novo, seminovo ou usado precisa sempre ter em mente para manter a integridade e bom funcionamento do seu fiel veículo. Lembre-se sempre que cuidar do carro com frequência e se preocupar com seus dias futuros, garantem sempre o retorno do investimento da melhor maneira possível. E se precisar de mais ajustes, dicas e revisões, a nossa equipe está te esperando nas concessionárias Slaviero!
https://www.slavierobsb.com.br/wp-content/themes/slaviero