Caminhão Série F: o mais vendido da categoria
17/12/2018

Caminhão Série F: o mais vendido da categoria

Fabricados no Brasil desde 1957, os Caminhões Série F da Ford possuem características únicas no segmento. Entre 2011 e 2015 a Ford deixou de fabricar os modelos, a fim de atender às novas necessidades técnicas exigidas pela legislação.

Desde então, os modelos semileve F-350, e os leves F-4000 e F-4000 4X4 são campeões de vendas no mundo. No primeiro semestre de 2018, foram vendidos mais de meio milhão de unidades.

Os três modelos de caminhão Série F são equipados com transmissão Eaton de 5 velocidades, além de freio ABS e ar-condicionado de série. O motor 2.8 de 4 cilindros alcança até 150 cv de potência para rodar no campo ou na cidade.
Após o relançamento da Série, os modelos agora vem com distribuição eletrônica de frenagem (EBD), o que contribuiu para a redução da vibração na cabine, tanto no volante, quanto no banco do motorista. Em relação a geração anterior, houve 60% de redução na vibração.

Modelos Série F

O caminhão F-350 é indicado para circular em regiões urbanas, devido ao seu baixo custo operacional. Ele pode carregar até 2.128 kg. Seu sistema de transmissão permite a troca facilitada de marchas, além de manutenções simplificadas e de baixo custo.

O modelo F-4000 com tração 4×2 pode ser utilizado tanto no campo quanto na cidade, em virtude da sua robustez.

Já o caminhão F-4000 4×4 é o que mais atrai os frotistas, dadas suas especificidades, como a capacidade de carregar até 3,81 toneladas. É muito utilizado no segmento de manutenção, como redes elétricas, de telefonia, água, esgoto e em aplicações rurais.

Série F em Brasília

A concessionária Ford Slaviero de Brasília comercializa toda a linha de caminhões Ford. Os caminhões série F tem garantia total de 12 meses e 24 meses para o motor, diferencial e câmbio sem limite de quilometragem. Podem ser adquiridos através de financiamento pelo CDC/Finame/BNDES e pelo Consórcio Ford. Passe agora mesmo em nossa concessionária e adquira o seu.

https://www.slavierobsb.com.br/wp-content/themes/slaviero